Calendar MONDAY, JULY 28, 2014
Texto
   
Museu da Vila Velha
PDF Print Enviar por E-mail

555 Rua de Trás-os-Muros
5000-657 Vila Real
Horário:
Aberto todos os dias
09h30 - 12h30 | 14h00 - 18h00
Encerra 1/1, 1/5, 25/12, Páscoa e sempre que o Governo ou a Tutela o determinem


Nos últimos 12 anos Vila Real assistiu a uma verdadeira revolução cultural, consubstanciada no número de equipamentos culturais entretanto criados. O Museu de Arqueologia e Numismática de Vila Real constituiu o ponto de partida para uma dinâmica que habituou os vila-realenses a um contacto permanente com a sua história, com as suas raízes. A este museu seguiram-se a construção do Teatro Municipal, do Arquivo Municipal, do Conservatório Regional de Música, da Biblioteca Municipal e do Grémio Literário e, mais recentemente, do Museu do Som e da Imagem, este no âmbito da empresa municipal Culturval - Gestão de Equipamentos Culturais de Vila Real, E. M.

As escavações arqueológicas realizadas na Vila Velha, no âmbito do plano de pormenor do Programa Polis para esta área, apresentam como consequência mais evidente a criação do Museu da Vila Velha - um novo equipamento cultural, instalado num edifício da autoria do Arquitecto António Belém Lima, que vem enriquecer o panorama museológico local.

Aqui se poderão percorrer, ao longo dos próximos anos, os frutos das escavações realizadas e a realizar na Vila Velha, permitindo um conhecimento cada vez mais profundo da ocupação deste território e, por consequência, das origens de Vila Real.

Trata-se de um Museu que se apresenta como rosto de uma zona requalificada de Vila Real que, após tantos anos, se dedica outra vez aos vila-realenses. A Vila Velha merece uma visita, várias visitas. E merece igualmente ser vista a partir do interior do Museu, pois daí se facilita a sua valorização, consoante os ângulos de visualização que admite vislumbrar. Por outro lado, o constante dinamismo que se pretende dê vida às várias áreas de exposição do Museu convidará a revisitá-lo, redescobrindo com tempo, com prazer, a nossa Vila Velha. Por outras palavras, desvendando aos poucos mais fragmentos da história de Vila Real.

Manuel Martins

Presidente da Câmara Municipal de Vila Real



A Vila Velha deve ser o local em Vila Real que mais se presta à construção de um Museu. Intimamente ligada à origem de Vila Real, a Vila Velha permite a fruição do património sob várias perspectivas: as escavações arqueológicas aqui realizadas apresentam informação e espólio que encontram no museu a exposição ao público desejada; a localização geográfica da Vila Velha, num esporão granítico cercado pelos rios Corgo e Cabril, como que obriga um turista a uma visita de cortar a respiração - e impele um vila-realense a visitá-la muito mais vezes; finalmente, a vivência deste local, anterior ao início da intervenção arqueológica, permite agora um contacto diário com a tradição oral, relativa à Vila Velha.

O Museu da Vila Velha pretende ser o ponto de partida para um conhecimento mais profundo da história de Vila Real, atribuindo especial - e natural - relevo à área intervencionada. Para além da interpretação das estruturas arqueológicas preservadas, a investigação de áreas já conhecidas (entretanto protegidas) e a identificação de outras partirá desta instituição: ao mesmo tempo, o museu constitui-se como um espaço onde o visitante poderá contactar de perto com os resultados das intervenções, mas também com as práticas arqueológicas associadas. E o Museu presta-se ainda à realização de outros eventos, baseando-se sempre na relação histórica, toponímica e, mesmo, metafórica com a Vila Velha, permitindo o usufruto de todas as capacidades providenciadas pelo equipamento, construído de raiz.

As funções museológicas previstas na Lei Quadro para os Museus Portugueses (47/2004, de 19 de Agosto), nomeadamente o estudo e investigação, a incorporação, o inventário e documentação, a conservação, a segurança, a interpretação e exposição e a educação, são garantidas no Museu da Vila Velha, inserido numa política de estreita articulação com as outras entidades museológicas municipais - o Museu de Arqueologia e Numismática de Vila Real e o Museu do Som e da Imagem.

Está, pois, atingida mais uma etapa na constante valorização do panorama museológico de Vila Real, neste caso específico indissociável de uma zona tão sensível quanto querida para os vila-realenses - a Vila Velha.


João Ribeiro da Silva
Responsável pelo Museu da Vila Velha
 
Câmara Municipal de Vila Real